O secretário executivo de Saúde do Estado, Daniel Beltrammi, afirmou que atualmente há 48 pessoas nos Centros de Referência aguardando um leito Covid-19. Ele destacou que “o volume de pessoas infectadas tem sido tão absurdo que não há rede hospitalar que suporte”.

Daniel explicou que, mesmo com a constante ampliação de leitos, se as pessoas não colaborarem, não haverá profissionais de saúde para atender todos os pacientes que precisarem.

– Nós estamos atravessando uma situação gravíssima. Se não houver colaboração de todos, vamos enfrentar dias ainda mais difíceis do que estamos enfrentando – enfatizou.

O secretário ainda esclareceu, em entrevista à Rádio Correio FM, que as pessoas que estão no aguardo de um leito próprio para tratamento da Covid-19 estão com assistência, em um leito, com todo o suporte ventilatório necessário.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

dois × quatro =