Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

Os empreendedores inscritos no programa de microcrédito social da Prefeitura de João Pessoa, ‘Eu Posso’, têm até 17h desta sexta-feira (5) para anexar a documentação exigida no edital. Todo o procedimento deve ser realizado pela internet, no site euposso.joaopessoa.pb.gov.br. Quem não concluir o cadastro dentro do prazo, terá a inscrição indeferida automaticamente.

O programa é promovido pela Prefeitura de João Pessoa, através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Trabalho (Sedest), e envolve um montante de R$ 12 milhões em recursos. O valor será concedido ao longo de seis editais, sendo R$ 2 milhões neste primeiro. Para pessoa física, o microcrédito pode chegar a R$ 3 mil. Já para pessoa jurídica, o teto é de R$ 5 mil.

No último dia 28 de outubro, 400 empreendedores se inscreveram no programa, dos quais, 200 foram selecionados. Após a apresentação da documentação, os candidatos aptos avançam para a segunda etapa do ‘Eu Posso’, que é a capacitação.

“Todos os inscritos precisam assistir integralmente aos cursos determinados no edital. Por nossa plataforma, temos o de Finanças Pessoais e o de Desenvolvimento Pessoal. Pela do Sebrae, temos o de Gestão de Negócios, que é composto por um módulo de Microcrédito Consciente e um de Identidade Empreendedora”, explicou a secretária de Desenvolvimento Econômico e Trabalho da Capital, Vaulene Rodrigues.

Palestra – Os empreendedores também precisam assistir à palestra “MEI para crescer”, que acontecerá ao vivo em três horários distintos: na quarta-feira (10), às 19h; e na quinta-feira (11), às 15h e às 19h. “O candidato poderá escolher um desses três momentos. Ao concluir os cursos e a palestra, ele receberá certificados, que devem ser anexados no sistema até o dia 12 de novembro”, explicou Priscilla Mendonça, coordenadora do programa.

Etapas – Além da capacitação, os inscritos no ‘Eu Posso’ precisam passar por outras quatro etapas obrigatórias: o plano de negócios, a análise de crédito, a entrega do certificado do programa (CEM) e, finalmente, a concessão do crédito. Os valores serão definidos com base na análise dos planos de negócios. O empreendedor contemplado segue sendo acompanhado por uma equipe de consultores no pós-crédito.

Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

4 × cinco =