Marcelo Rocha Monteiro desafiou o autor da liminar que proíbe a ação da polícia a acompanhar os agentes no cumprimento de mandados judiciais

Crítico da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de proibir operações policiais nas favelas, no Rio, todas controladas por traficantes ou milicianos, o procurador de Justiça Marcelo Rocha Monteiro desafiou nesta sexta (7) o ministro Edson Fachin, autor da liminar, a subir o morro dessas localidades na companhia de policiais cariocas no cumprimento de mandados judiciais.

Após meses proibida de agir nas favelas, a Polícia Civil foi surpreendida por traficantes fortalecidos com armas e bunkers construídos nas ruas.

A ação que fez o STF adotar a decisão foi coisa do PSB, Defensoria Pública e várias ONGs, algumas supostamente ligadas ao tráfico.

Ele disse em entrevista à Rádio Bandeirantes que pode ser qualquer uma das 1.531 favelas controladas por bandoleiros. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder .Na avaliação de Marcelo Rocha Monteiro, o STF promove intervenção que considera inconstitucional na área de segurança pública do Estado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

dois × um =