Bloco Principal 4

Procon-JP vai às aulas 2024 seleciona 2.400 alunos do Município para curso sobre direitos do consumidor

O ‘Procon-JP vai às aulas 2024’ selecionou 2.400 alunos do 9º ano do Ensino Fundamental II e do Ciclo IV na modalidade Educação de Jovens e Adultos (EJA) da Rede Municipal de Ensino de João Pessoa para participarem do curso sobre direito do consumidor. A lista dos classificados que vão receber uma bolsa de R$ 700, paga em parcela única, está publicada em edital no Diário Oficial do Município do dia 19 de abril. O Programa é uma ação conjunta do Procon-JP e da Secretaria de Educação e Cultura (Sedec).

Os 2.076 estudantes do 9º ano e os 324 da EJA classificados no Programa vão participar do curso que terá a duração de 50 horas/aula, divididas em módulos de 10 horas/aula. Os assuntos abordados na capacitação são: formação em habilidades sociais para negociação de conflitos; formação básica de negociadores de conflitos; formação básica em educação financeira; e empreendedorismo.

O secretário de Proteção e Defesa do Consumidor de João Pessoa, Rougger Guerra, explica que terminada essa etapa de inscrição e classificação dos estudantes, o ‘Procon-JP vai às aulas 2024’ entra agora no processo de organização das turmas e da escolha das escolas que serão polos do Programa para então dá início às aulas. “Alerto aos alunos selecionados que todos serão informados do começo do curso na própria escola onde frequentam as aulas do ano letivo normal”, afirmou.

Agentes sociais – O objetivo do ‘Procon-JP vai às aulas’ é capacitar adolescentes, jovens e adultos para que atuem como agentes sociais, promovendo o direito do consumidor, além de difundir a educação para o consumo através de ações concretas de promoção da cidadania e de incentivar a articulação de parcerias e convênios com organizações sociais que ofereçam oportunidades de práticas de ensino, pesquisa e extensão complementares à formação curricular.

O titular do Procon-JP complementa que é, ainda, uma forma de fortalecer os moradores de comunidades da Capital através dos agentes de formação e educação para o consumo. “Queremos promover oportunidades de aprendizado diretamente relacionadas ao direito do consumidor com a articulação de ações multidisciplinares que ampliem, inclusive, o currículo individual para uma futura vida profissional”.

  • Texto: Evanice Gomes
    Edição: Cristina Cavalcante
    Fotografia: Arquivo/assessoria

  • Secretarias

    PROCON

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
slot gacor hari ini
situs slot luar negeri