O Procon-JP está notificando o Banco do Brasil para que justifique, em 24h, a falha na prestação do serviço ao consumidor sob pena de aplicação de multa, durante toda esta sexta-feira (27). Inúmeras denúncias dos correntistas da instituição financeira chegaram à Secretaria de Proteção e Defesa do Consumidor informando que os sistemas do banco estavam fora do ar, afetando pagamentos digitais, uso do cartão e o acesso ao site e ao aplicativo.

De acordo com Rougger Guerra, a falha na prestação do serviço –  confirmada pelo Banco do Brasil – que gerou a suspensão dos serviços por tempo considerável tem potencial de causar prejuízos sem tamanho aos consumidores e às relações de consumo em geral, o que não pode ser admitido sem os devidos questionamentos.

“Diante da gravidade da situação, é importante uma ação para proteger os direitos dos consumidores pessoenses prejudicados e já está em análise as medidas emergenciais e futuras a serem adotadas. Uma situação que atinge toda a coletividade por longo espaço de tempo é passível de penalidade administrativa e deve ser proporcional, com a multa podendo chegar a 115 mil reais”, afirmou o secretário do Procon-JP.

Ele acrescenta que “com os pagamentos do dia a dia cada vez mais bancarizados, ainda mais com o implemento do Sistema Pix pelo Banco Central do Brasil, a interrupção dos serviços causa inúmeros prejuízos à população e o Procon-JP não permitirá que tal situação fique sem a resposta dura e efetiva  que o consumidor merece”, observou.

Atendimentos do Procon-JP:
Telefone para orientação e dúvidas: 0800-083-2015
Whatsapp: (83) 98665-0179
Instagram: @procon_jp

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

16 − treze =