O Procon-JP autuou quatro postos de combustíveis por irregularidades nos bicos das bombas. A ação faz parte de uma fiscalização conjunta do órgão com o Instituto de Metrologia e Qualidade Industrial da Paraíba (Imeq-PB), que iniciou na última terça-feira (21) e segue até esta quinta (23).

De acordo com a Prefeitura de João Pessoa, até o momento, seis estabelecimentos foram autuados e dezenas de produtos, como ceras, limpa vidros e odorizantes, apreendidos por estarem vencidos.

Conforme o secretário do Procon-JP, Rougger Guerra, as bombas de combustíveis foi interditadas por estarem com imprecisão quanto ao valor apresentado no painel de preços. Ele explicou que o objetivo da operação é evitar que os postos de combustíveis pratiquem irregularidades junto ao consumidor, principalmente no que se refere ao funcionamento correto das bombas e, por consequência, dos preços a serem pagos pelo cidadão.

A operação está fiscalizando o controle da qualidade da composição dos combustíveis, aferindo a integridade das bombas de abastecimento, a transparência dos preços ao consumidor, produtos sem preços expostos, produtos com data de validade vencida e/ou sem informações na língua portuguesa, falta de divulgação clara e visível ao consumidor dos preços dos combustíveis, bem como a disponibilização de exemplar do CDC de fácil acesso ao cliente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

4 − um =