A Polícia Civil da Paraíba, através da Coordenação das Delegacias da Mulher (Coordeam) e Academia de Polícia Civil (Acadepol) está dando continuidade a série de webnários iniciada a partir de março do ano passado com o advento da pandemia do coronavírus.
Nesta terça-feira (23) será realizado o webnário intitulado “Ações das polícias no enfrentamento à violência conta a mulher”. O evento é aberto à participação de qualquer pessoa e será transmitido, a partir das 08h30, pelo canal www.youtube.com/PoliciaCivilPB
O webnário terá a participação do Delegado-Geral de Polícia Civil da Paraíba, Isaías Gualberto; Coronel da Polícia Militar da Paraíba, Júlio César de Oliveira; Promotora de Justiça Artemise Leal; Delegada da Mulher da Deam Norte, Amindonzele Oliveira; Delegada da Mulher da Zona Sul de João Pessoa, Maria das Dores Coutinho e Nercília Aguiar, delegada adjunta da Delegacia de Homicídios de  Campina Grande.
O Delegado-Geral Isaías Gualberto deverá abrir o evento abordando o tema “Ações da Polícia Civil no enfrentamento à violência contra a mulher”. Ele disse que é um tema de grande importância para a sociedade, pois a Polícia Civil é a instituição que recebe e acolhe em um primeiro momento essa mulher que vem sofrendo cada vez mais com a violência doméstica.
“Nós não podemos nos abster ou deixar de atender a qualquer um que nos procure, em especial a mulher, que sofre todo tipo de violência numa sociedade ainda machista e desigual. Por isso, temos uma série de ações realizadas pela Polícia Civil da Paraíba junto às Delegacias da Mulher espalhadas pelo Estado e nos plantões centralizados com atendimento 24 horas para aquelas que precisarem dos nossos serviços”, destacou Isaías Gualberto.
O segundo palestrante será o Coronel da PM, Júlio César de Oliveira, que coordena as ações do Ciop (Centro Integrado de Operações Policiais). Ele vai abordar o tema “Atendimento de ocorrência pelo CIOP referente à violência doméstica”, destacando todo o processo de atendimento desde o momento em que os policiais recebem o chamado através do número 190 até o atendimento propriamente dito.
A Promotora de Justiça Artemise Leal, titular da Promotoria do Juri da Capital, vai proferir palestra sobre “Estratégias de atuação para o reconhecimento da qualificadora do feminicídio”, enquanto que a delegada adjunta de homicídios de Campina Grande, Nercília Aguiar, vai tratar do tema: “Feminicídio: estudo de casos”.
As delegadas Amin Oliveira, da Delegacia da Mulher da Zona Norte, e Maria das Dores Coutinho, da Delegacia da Mulher da Zona Sul da Capital, serão as mediadores do Webnário.
A delegada Maísa Félix, coordenadora das Delegacias da Mulher na Paraíba, lembrou que qualquer tipo de violência deve ser denunciado imediatamente. “Nossas delegacias estão prontas para receber as denúncias presencialmente ou de forma online, levando em conta a pandemia e o distanciamento social. As mulheres ou qualquer pessoa que tome conhecimento de uma violência contra a mulher pode utilizar a delegacia online para fazer sua denuncia que nós iremos investigar. Caso seja necessário ir pessoalmente a uma delegacia também estamos atendendo seguindo todos os protocolos de segurança determinados pela Secretaria de Saúde do Estado”, destacou.
Para fazer denúncias pela Delegacia Online basta acessar www.delegaciaonline.pb.gov.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

5 × um =