A Prefeitura Municipal de João Pessoa disponibilizou 10 leitos de UTI na rede municipal de Saúde para atender pacientes de Manaus. A capital do Amazonas sofre uma grave crise com a falta de oxigênio para atender os casos mais graves da covid-19. O Hospital Universitário Lauro Wanderley, em João Pessoa, disponibilizou 15 leitos de enfermaria.

O transporte dos pacientes será feito pela Força Aérea Brasileira nesta sexta-feira (15), mas ainda não há confirmação de quantos pacientes serão trazidos para a Paraíba.

“Neste momento em que todo o planeta atravessa a dor de perder aqueles a quem amamos, o povo de João Pessoa não pode virar as costas para outros brasileiros que não têm a oportunidade de contar com a rede de saúde para atende-los na hora mais difícil. Por isso, nossa Secretaria Municipal de Saúde está oferecendo essa esperança em forma de UTI aos pacientes do Amazonas”, explica o prefeito Cícero Lucena.

Crise – Com número de internações bem acima da capacidade de resposta, unidades de saúde do Amazonas ficaram sem oxigênio para atender aos pacientes com Covid-19. O Estado foi obrigado a enviar pacientes para outras unidades da federação e pediu ajuda ao Ministério da Saúde.

A média móvel de mortes no Amazonas cresceu 183% nos últimos sete dias. Desde o início da pandemia, mais de 219 mil pessoas haviam sido infectadas pela Covid naquele estado, e mais de 5,8 mil morreram com a doença.

LEIA TAMBÉM:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

sete − um =