Afastado por decisão judicial no âmbito da Rent a Car, o prefeito de Camalaú, Sandro Moco (PSDB), foi reeleito neste domingo (15) com 55,34% dos votos válidos, segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Alecsandro Bezerra dos Santos chegou a ser preso em agosto quando a operação foi deflagrada pelo Ministério Público da Paraíba, mas solto em seguida após pagar uma fiança de cerca de R$ 14 mil. O prefeito é acusado de desvio de recursos públicos através da locação de veículos para o município.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

onze + 12 =