Bloco Principal 4

Preço da cesta básica cai 2,79% em João Pessoa; veja pesquisa e saiba onde comprar mais barato

João Pessoa registrou queda de 2,79% no preço da cesta básica no mês de agosto, de acordo com levantamento divulgado nesta quarta-feira (6) pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).

Com um valor de R$ 565,07, a cesta da capital pessoense possui o segundo menor custo entre as 17 cidades analisadas. Em comparação com agosto de 2022, a cesta diminuiu 0,55%. Já no acumulado do ano a alta é de 0,57%.

Oito itens apresentaram redução nos preços médios: tomate (9,93%), feijão carioquinha (8,23%), café em pó (4,46%), carne bovina de primeira (3,84%), óleo de soja (1,77%), manteiga (0,77%) e leite integral (0,77%).

Por outro lado, quatro produtos registraram alta nos preços: farinha (3,03%), banana (2,85%), pão francês (1,83%) e arroz agulhinha (0,56%).

Salário mínimo comprometido

Em agosto, o trabalhador de João Pessoa remunerado pelo salário mínimo de R$ 1.320 precisou trabalhar 94 horas e 11 minutos para adquirir a cesta básica.

Considerando o salário mínimo líquido, após o desconto de 7,5% da Previdência Social, o mesmo trabalhador precisou comprometer 46,98% para adquirir os produtos da cesta básica, que é suficiente para alimentar um adulto durante um mês.

Pesquisa de preços

O Procon Municipal divulgou nova pesquisa de preços de alimentos da cesta básica.

Conforme o levantamento, a maior variação, 86,59%, foi encontrada no preço do feijão carioquinha da marca Urbano. O produto é comercializado entre R$ 5,89 (Bessa) e R$ 10,99 (Manaíra).

Valores do macarrão e do leite em pó também registraram grandes variações. O leite integral Ninho (750 gramas) pode ser adquirido entre R$ 29,99 (Bairro dos Estados e Valentina) e R$ 37,99 (Manaíra), variação de 26,68%. Já o macarrão tipo espaguete da marca Imperador custa entre R$ 2,99 (Valentina) e R$ 5,29 (Bancários), uma variação de 76,92%.

A pesquisa coletou preços de 71 itens em 14 supermercados. Acesse e saiba onde comprar mais barato.

Além da pesquisa do Procon-JP, o Dieese-PB também registrou a evolução do preço médio do cuscuz e do ovo, importantes insumos alimentares presentes nos hábitos nutricionais dos paraibanos.

Em agosto, o custo médio do pacote de 500g do cuscuz foi de R$ 1,92, média 7,68% inferior ao mês de julho, quando preço era de R$ 2,08. O levantamento constatou preço máximo de R$ 4,99 e um valor mínimo de R$ 1,29.

Já o preço da bandeja de ovo com 30 unidades registrou um custo médio de R$ 22,47, uma redução de 3,33% em relação ao preço de julho, que foi de R$ 22,47. O preço máximo foi de R$ 25,99 e o valor mínimo de R$ 17,99.

 

PORTALCORREIO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
slot gacor hari ini
situs slot luar negeri