Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse nesta quinta-feira (25), em entrevista à Rádio Sociedade da Bahia, ser contra a realização do Carnaval em 2022. O presidente, no entanto, preferiu evitar nova polêmica.

“Por mim, não teria Carnaval, mas tem um detalhe: quem decide não sou eu. Segundo o Supremo Tribunal Federal, quem decide são os governadores e prefeitos”, disse, fazendo referência à decisão da Corte sobre autonomia dos estados e municípios. O presidente ainda tentou mais uma vez se isentar da responsabilidade pelas mortes por Covid no país.

“Não quero aprofundar nessa que poderia ser uma nova polêmica. Em fevereiro do ano passado, ainda estava engatinhando a questão da pandemia, pouco se sabia, praticamente não tinha óbito no Brasil, eu declarei emergência e os governadores e prefeitos ignoraram, fizeram Carnaval no Brasil”, acrescentou Bolsonaro.

O Antagonista

Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

20 + 11 =