Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

Em caso de surgimento de lesões e coceiras na pele, a orientação da médica dermatologista Marília Aranha é que se evite a automedicação e que o paciente deve procurar um especialista na área. Após surto de coceira misteriosa no Grande Recife, em Pernambuco, na Paraíba houve pelo menos 11 notificações suspeitas, mas que, conforme a Secretaria de Estado da Saúde (SES-PB), estaria ligado às arboviroses.

Na última quarta-feira (08), dermatologistas descobriram a causa das coceiras registradas no estado vizinho. “Em Pernambuco a causa é a penetração na pele de cerdas que se desprendem do corpo das mariposas do gênero Hylesia. Esses insetos estão em período de reprodução esta época do ano e causam surtos de dermatite em varia áreas do Brasil”, comentou Marília Aranha, em conversa com o ClickPB.

Ainda de acordo com a dermatologista, ao apresentar lesões de pele, a população deve evitar automedicação e procurar um médico. Sobre o tratamento, a médica explicou que “consiste em uso de medicamentos anti histamínicos e em alguns casos de corticoide”.

O secretário de Estado da Saúde, Geraldo Medeiros, informou que as notificações suspeitas de coceiras registradas na Paraíba tinham relação com às arboviroses (dengue, Zika, Chikungunya).

Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

12 + quinze =