A Polícia Rodoviária Federal informou que foi reaberta parcialmente a Ponte Rio-Niterói, após mais de três horas do fechamento devido à batida de um navio à deriva, no início da noite desta segunda-feira (14).

A informação foi dada às 21h33Quatro faixas no sentido Niterói foram liberadas, e duas no sentido Rio. Segundo a PRF, até terça-feira (15) a situação permanecerá assim.

E Ecoponte informou que o fechamento parcial, no sentido Rio, se dará para que sejam feitos reparos no guarda-corpo, na altura de onde houve o impacto. “Na manhã de terça-feira, equipes de engenharia da concessionária farão nova vistoria na estrutura da rodovia. A concessionária solicita que os motoristas dirijam com atenção e respeitem a sinalização.”

O graneleiro São Luiz, que estava ancorado na Baía de Guanabara desde 2016, foi levado pelo vento e se chocou contra a estrutura da ponte, perto de Niterói. Não há informação sobre feridos. A Marinha investiga o acidente.

Vistoria não viu danos graves

 

Engenheiros avaliaram a integridade da estrutura da ponte para a liberação do trânsito. Segundo o prefeito Eduardo Paes, não há indícios de danos mais graves.

“Uma equipe técnica vistoriou os pilares 71, 72 e 73 e não detectou nenhuma avaria na estrutura (infra e meso). Avaliação nos aparelhos de apoio estão indicando danos de pequena monta. Devem liberar tráfego, parcialmente, em pouco tempo”, escreveu o prefeito, minutos antes da reabertura.

Um vídeo gravado de dentro de um carro pelo motorista Alexandro Belotte, que passava pelo local, mostra o momento em que a embarcação atinge a ponte, provocando um forte impacto.

Motorista conta o que viu quando navio à deriva bateu na Ponte Rio-Niterói

Segundo o motorista, ventava muito na hora do acidente e ele pode ver o navio se aproximar.

“Começou um vento muito forte na ponte (…) Foi aí que eu vi o navio e achei que ele ia passar direto. Mas, pela altura, logo eu pensei que estava estranho e que não ia passar (…) A parte alta bateu forte na ponte. Na hora, meu telefone caiu no chão. Chegou a balançar a ponte. Balançou muito. O carro quase sai de uma faixa e vai para a outra.”

g1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

doze − seis =