A Polícia Civil de São Paulo investiga as causas do desabamento dentro de uma empresa de contêineres que deixou nove mortos, sendo sete mulheres e dois homens, e 28 feridos na manhã desta terça-feira (20), em Itapecerica da Serra, Grande São Paulo.

Uma das hipóteses é a de que a sobrecarga na estrutura tenha provocado o acidente. Segundo os Bombeiros, o imóvel estava sem o laudo de vistoria, o AVCB.

Cerca de 64 trabalhadores estavam em uma reunião no auditório de um galpão da empresa, quando a laje desabou. A área tem 10 mil metros quadrados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

1 × 1 =