A Polícia Federal na Paraíba cumpriu quatro mandados de busca e apreensão contra um grupo que aplicava golpes em correntistas da Caixa, tomando senhas das pessoas. A Operação Trinca de Três foi deflagrada na manhã desta quinta-feira (23), em Santa Rita, na Grande João Pessoa, e em Rio Tinto, Mamanguape e Capim, no Litoral Norte paraibano.

A PF cumpriu os quatro mandados de busca e apreensão em endereços residenciais nas quatro cidades, relacionados a pessoas presas em flagrante no último dia 28 de junho.

De acordo com a Polícia Federal, a quadrilha sabotava os caixas eletrônicos, introduzindo objetos na leitora de cartões, impedindo a utilização do autoatendimento e afixando adesivos nos terminais com falsos números de telefone para suporte remoto.

Os telefones discados direcionavam os correntistas para outro membro do grupo criminoso que, então, enganava a vítima em busca de obter a senha bancária do cliente. Para não levantar suspeitas e evitar a atuação de funcionários do banco, o grupo agia especialmente em finais de semana e outros dias não úteis.

Ainda conforma a PF, os investigados têm um longo histórico de crimes, inclusive pelo mesmo delito em apuração. Ao todo, 16 policiais federais participam da operação de hoje.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

catorze + 6 =