A Polícia Federal (PF) cumpre hoje (11) em São Paulo a Operação Pseudeia, desdobramento da Operação Lava Jato. São três mandados de busca e apreensão na capital paulista e dois em Pindamonhangaba, no interior do estado.

A ação é contra um acusado de ter feito pagamentos ilícitos no exterior para agentes públicos e marqueteiros políticos. Foram pagos US$ 1 milhão apenas em 2013, por meio de consultoria falsa de um estaleiro estrangeiro. Segundo a PF, serão bloqueados e sequestrados R$ 5 milhões.

Os pagamentos foram feitos em acordo com um tesoureiro integrante do partido político do governo federal à época. A Polícia Federal reviu materiais apreendidos na Operação My Way e encontrou mensagens que comprovam o relacionamento entre o investigado e o colaborador. O vínculo também foi reforçado com dados de ligações telefônicas, obtidas anteriormente com base em decisão judicial.

O investigado responderá por lavagem de dinheiro e corrupção, além de outros crimes contra o sistema financeiro nacional.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

7 + 3 =