A Polícia Militar pôs fim a uma festa de Réveillon que estava sendo realizada com a presença de mais de 1 mil pessoas sem máscaras e aglomeradas, na madrugada desta sexta-feira (1º), na comunidade Alagoinha, no bairro de Cruz das Armas, em João Pessoa.
Na intervenção policial, que foi feita pelas equipes das Companhias do Choque e Canil, que pertencem ao Batalhão de Operações Especiais (Bope), foi preso um jovem de 18 anos que estava armado de revólver no evento.
A festa estava acontecendo em uma rua que tinha sido interditada pelos participantes sem nenhuma autorização dos órgãos de trânsito. A PM recebeu várias denúncias sobre aglomerações, som alto e outras práticas ilegais que tinham no evento.
Ao serem surpreendidos pela chegada do Bope, muitos dos participantes jogaram garrafas de vidro em direção aos policiais, que reagiram usando instrumentos de menor potencial ofensivo.
Ninguém ficou ferido e a dispersão do público foi feita para preservar a saúde coletiva e prevenir a ocorrência de crimes.
O preso com a arma foi apresentado na Central de Flagrantes, no Geisel. Os organizadores do evento, bem como os responsáveis por colocarem paredões de som de carro no local devem ser investigados e podem responder na Justiça.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

11 − quatro =