Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

Um homem foi preso acusado de abusar sexualmente de sua própria irmã que tem deficiência mental na Paraíba. A prisão foi realizada pela Polícia Civil, em cumprimento a um mandado de prisão preventiva.

De acordo com a Polícia, os abusos aconteceram por um período de quase 10 anos.

A família resolveu procurar a Delegacia da Mulher da cidade de Picuí no dia 21 de maio de 2021 para denunciar o crime. A vítima atualmente tem 33 anos de idade. Ela foi encaminhada para exames periciais e a prática de conjunção carnal foi constatada.

O delegado informou que por conta da deficiência da vítima, é caracterizado o estupro de vulnerável, previsto no art. 217-A, do Código Penal.

Várias testemunhas foram ouvidas ao longo do inquérito policial e, segundo o delegado, depoimentos revelaram que o suspeito foi encontrado em diversas circunstâncias que confirmam os abusos sexuais. Ele foi encaminhado para a delegacia e está à disposição da justiça.

Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

três × cinco =