Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

A Polícia Civil da Paraíba, a partir do trabalho investigativo da Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE) da Capital, realizou nesta sexta-feira, 22, a maior apreensão de drogas desse ano no Estado. Foram apreendidos cerca de 300 Kg de drogas, sendo 250 Kg de maconha e 50 Kg de pasta base de cocaína. Duas pessoas foram presas e autuadas em flagrante delito pelo crime insculpido nos Arts. 33 e 35, da Lei n 11.343/06.

Segundo o delegado Bruno Victor, titular da DRE, a operação foi denominada de Tatu, pois toda a droga e também uma máquina para fazer a prensagem, foram encontrados enterrados em uma granja localizada na Praia do Sol, em João Pessoa.

Nessa granja foi preso um homem que estaria tomando conta do material ilícito, mas em um apartamento do bairro dos Bancários foi presa uma mulher que seria a responsável pela droga. “Com essa mulher encontramos cadernos com anotações referentes à entrega da droga.  Estamos investigando de onde vinha o material, mas já sabemos que seria para consumo na região metropolitana de João Pessoa e também para Campina Grande”, disse o delegado Bruno Victor.

Ainda segundo o delegado, as investigações começaram há pouco mais de um mês e os agentes da DRE estavam monitorando o grupo suspeito do tráfico. “Desde às quatro horas da manhã estávamos monitorando e durante a manhã de hoje identificamos o carro do suspeito. Ao segui-lo fomos levados à granja da Praia do Sol e lá encontramos a maior quantidade de droga apreendida na Paraíba este ano”, finalizou.

A população pode colaborar com a Polícia Civil fazendo qualquer tipo de denúncia através do número 197 (Disque-Denúncia). A ligação é gratuita e anônima, garantindo o sigilo absoluto.

Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

4 + 13 =