Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

O presidente Jair Bolsonaro tentará marcar território e conter a debandada entre o eleitorado de direita para Sérgio Moro, apontando que ele será o candidato da mídia e da globo.

A tentativa é, de novo, a de dividir para conquistar, como fez em 2018 em âmbito nacional, agora em um espectro menor – na parte da sociedade que não vota na esquerda de jeito nenhum.

Há o temor, no governo, de que Bolsonaro perca votos entre o eleitorado direitista com a chegada de Moro à corrida eleitoral, segundo interlocutores do presidente.

Como Bolsonaro já apontou a mídia e a Globo como seus inimigos (um dos), a ideia é que ele cole a imagem de Moro, a da Globo e a da mídia para evitar uma perda maior de apoiadores.

Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

vinte + 16 =