O governo de Jair Bolsonaro vem sendo investigado pela Polícia Federal (PF) pelo indício de ter financiado páginas na internet que se dedicavam ao discurso de ódio e ataques ao Congresso Nacional e ao Supremo Tribunal Federal (STF). As informações são do jornal O Globo.

A Suprema Corte encaminhou um relatório preliminar, no âmbito do inquérito que investiga atos antidemocráticos, que aponta pela primeira vez relação direta entre isso e o Palácio do Planalto. A Justiça investiga caso o dinheiro público para publicidade seja utilizado para esse tipo de ação.

A delegada Denisse Dias Ribeiro afirma no relatório que o objetivo da investigação é saber se integrantes do governo federal agiram por ação deliberada ou por omissão no financiamento desses sites.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

19 + 7 =