A Autarquia de Proteção e Defesa do Consumidor da Paraíba (Procon-PB) realizou, nos dias 18 e 19 de janeiro, pesquisa de preços referente a carnes em supermercados de João Pessoa e encontrou diferenças de preços de mais de R$ 20 entre o mesmo produto.

A maior variação foi encontrada no preço do quilo da costela suína (130,61%). O menor preço foi de R$ 15,99 (Big Bompreço – Bessa) e o maior preço foi de R$ 36,89 (Carrefour – Bessa), oferecendo uma economia de até R$ 20,90 ao consumidor. Observa-se que o quilograma do lombo suíno da marca Perdigão (47,46%) propicia uma economia de até R$ 12,81, pois os preços oscilaram entre R$ 26,99 (Supermercado Manaíra – Manaíra) e R$ 39,80 (Mineirão – Esplanada).

Referente aos cortes de carne bovina em açougue de estabelecimento, o quilo da picanha (27,26%), foi encontrado a partir de R$ 46,99 (BeMais – Bancários) e chegou ao preço de R$ 59,80 (Mineirão- Esplanada), uma economia de até R$ 12,81.

No quilograma da linguiça calabresa, a marca Perdigão (59,12%) teve preços que variaram de R$ 21,99 (Big Bompreço – Bessa) a R$ 34,99 (BeMais – Bancários), apresentando uma economia de até R$ 13,00.

Na bandeja de asa de frango entre as marcas pesquisadas, o quilograma da marca Sadia (21,25%) demonstrou preços a partir de R$ 21,69 (Carrefour – Bessa) a R$ 26,30 (Assaí Atacadista – Geisel), uma diferença de R$ 4,61 pelo quilo.

No corte de coxa com sobrecoxa de frango (Kg), verifica-se que a marca Sadia (40,83%)
teve preços a partir de R$ 12,49 (Extra – Estados) a R$ 17,59 (BeMais – Bancários), diferença de R$ 5,10. No entanto, a bandeja de um quilograma de sobrecoxa de frango teve uma diferença nominal de R$ 8,00 e a marca Sadia (66,72%) destacou-se pela variação de preços de R$ 11,99 (BeMais – Bancários) a R$ 19,99 (Carrefour – Bessa).

Os preços constatados e as variações obtidas referem-se somente aos dias de realização da pesquisa, portanto os valores dos produtos estão sujeitos a mudanças por conta de ofertas, promoções, ou mesmo da disponibilidade dos mesmos. Diante destes fatores, o consumidor precisa ficar atento antes de realizar suas compras.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

2 × 4 =