Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

Incomodado com o barulho promovido por um galo, um vizinho decidiu recorrer ao Ministério Público da Paraíba (MPPB) para resolver a situação. O caso virou uma notícia de fato, pois de acordo com o reclamante, o animal estava causando perturbação do sossego. Após conciliação, o caso foi arquivado.

O MPPB apurava suposta perturbação de sossego causada por criação irregular de aves, no bairro Padre, na capital paraibana. Uma conciliação foi realizada, mas no último dia 07 de dezembro foi arquivada pelo 42º Promotor de Justiça de João Pessoa, José Farias de Souza Filho.

De acordo com o documento, que o ClickPB teve acesso, havia ausência de responsabilidade civil e criminal a ser perquerida pela promotoria e ausência de atribuição. Após conciliação, o dono do animal se comprometeu a resolver o conflito socioambiental.

Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

7 + 11 =