Esportes

PB tem mais de mil casos prováveis de dengue, chikungunya e zika em dois meses de 2023

 

A Paraíba registrou 1.100 casos prováveis de arboviroses (chikungunya, dengue e zika) nos primeiros dois meses de 2023. O dado é do boletim epidemiológico nº 3 divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) nesta segunda-feira (6).

Do total de casos prováveis de arboviroses, 911 são de dengue, 187 referentes à chikungunya e, para a doença aguda pelo vírus zika, foram notificados dois casos prováveis. O número de mortes pelas doenças é zero, mas um óbito está sendo investigado na cidade de Mamanguape.

De acordo com o boletim, o pouco número de casos prováveis ocorre pois o estado da Paraíba ainda não está no período sazonal de incidência.

Ainda é descrito no boletim uma redução de 50% para os casos prováveis de dengue quando comparados ao mesmo período do ano de 2022. Já para os casos prováveis de chikungunya, uma redução de 82%, também comparados ao mesmo período do ano anterior. E para os casos prováveis de zika, houve redução de 97%.

De todos os municípios no estado, 76 cidades estão com casos suspeitos por alguma das três arboviroses, e somente um está com incidência acima de 300, é o caso de Teixeira.

A SES informou que segue implementando ações junto aos municípios e às Gerências Regionais de Saúde, com monitoramento e assessoramento, realizando visitas técnicas e reuniões presenciais ou por webconferência. A sala de situação continua ativa e divulgando diariamente informações sobre as arborviroses.

G1PARAÍBA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
slot gacor hari ini
situs slot luar negeri