247 – O general Eduardo Pazuello recebeu R$ 88,5 mil em diárias e ajuda de custo do Ministério da Saúde no ano passado. Os dados constam de documentos enviados à CPI da Covid, informa reportagem da coluna da jornalista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo. O militar ficou dez meses à frente da pasta.

 

Além das diárias, Pazuello recebeu outros R$ 443,4 mil em 2020 pelo fato de ser general da ativa. Os vencimentos também foram engordados  por outros R$ 61,1 mil pagos pelo Ministério da Saúde.

Ainda conforme a reportagem, ao prestar depoimento à CPI da Covid, ele foi questionado sobre as empresas das quais é sócio e respondeu apenas que mantinha participações nas empresas fundadas pelo pai.

A CPI, porém, possui documentos que apontam que o militar possui 25% das empresas

J.A Leite Navegação Ltda., Petropurus Representações e N. Pazuello e Cia de Manaus.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

17 − dezesseis =