PUBLICIDADE

Paraíba registra 119 mortes por HIV/Aids somente em 2022; João Pessoa, Santa Rita e Campina Grande lideram casos

PUBLICIDADE

A Paraíba registrou 119 mortes por HIV/Aids somente em 2022, ano que ainda não terminou. João Pessoa, Santa Rita e Campina Grande lideram o número de casos. Já são 630 novos infectados pelo vírus HIV, de acordo com o banco de dados da Secretaria de Estado da Saúde.

Dos 119 óbitos na Paraíba, 29 foram registrados em João Pessoa, 14 em Santa Rita e dez em Campina Grande.

Em relação aos 630 casos de infectados pelo HIV, a faixa etária entre 20 e 49 novos é a de maior incidência, com 538 casos. Na faixa entre 20 e 29 anos são 211 novos casos.

Embora alto, o número de casos de infectados pelo HIV em 2022 na Paraíba é menor do que o registrado em 2021: 745. Em 2020, primeiro ano da pandemia, foram registrados 564 casos de HIV, tendo naquele ano o menor número de registros. Em 2019, houve 770 infectados, sendo esse o maior índice em cinco anos, já que houve 696 casos em 2017 e 622 em 2018. Os dados foram repassados ao ClickPB pela Secretaria de Estado da Saúde.

Campanha e testagem

A Saúde da Paraíba organiza ações de testagem e conscientização sobre o HIV e Aids neste mês de dezembro, já que o dia 1º de dezembro é Dia Internacional de Luta Contra a Aids.

A Gerência Operacional de Condições Crônicas e IST da Paraíba iniciou, nesta quinta-feira (1º), às 9h, a Campanha Dezembro Vermelho, de Prevenção ao HIV/Aids e outras Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST). Este ano, a campanha terá como tema ‘HIV/AIDS: o cuidado começa com a prevenção’.

A abertura aconteceu no Restaurante Popular Estadual, em Mangabeira, na Capital, com a oferta de teste rápido de HIV, Sífilis e Hepatites; distribuição de preservativos; conversas com a população sobre o que é o HIV, formas de prevenção e aspectos relacionados à infecção. A ação ocorre pela manhã e à tarde, simultaneamente, em todos os 10 restaurantes populares do estado. Além da Capital, estão localizados nos municípios de Santa Rita, Campina Grande, Patos, Sousa, Pombal, Cajazeiras, São Bento, Monteiro e Guarabira.

Ainda na programação do Dezembro Vermelho, no domingo (04), pela manhã, haverá oferta dos testes rápidos, conversas e distribuição de preservativos, no Busto de Tamandaré, na praia do Cabo Branco. No mesmo local, a tarde e a noite, haverá a mesma ação na Parada LGBTQIAP + de João Pessoa.

Na manhã da sexta-feira (9), será realizada testagem rápida na Igreja Evangélica (Assembleia de Deus), no Bairro dos Novais, na Avenida José Bonifácio, nº 672.

Mostrar mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo