A Paraíba recebeu, nesta terça-feira (18), uma nova remessa de vacinas contra a Covid-19, com o total de 143.400 doses de três fabricantes: Coronavac, AstraZeneca e Pfizer. A Secretaria de Estado da Saúde (SES) distribuirá as doses, nesta quarta-feira (19), para os 223 municípios completarem o esquema vacinal dos idosos acima de 60 anos e trabalhadores da saúde, com a segunda dose da vacina. Ainda com essa entrega, 10 municípios dão início à vacinação de pessoas com comorbidades, gestantes e puérperas com comorbidade, pessoas com deficiência permanente que utilizam o auxílio BPC.

A 20ª pauta de distribuição prevê a entrega de 61.510 doses da vacina Coronavac/Butantan para os municípios que sinalizaram atraso no esquema vacinal. Destas doses, 800 serão destinadas aos profissionais de forças de segurança e salvamento, que já tomaram a Dose 1. Já os imunizantes da Astrazeneca (65.200 doses), que chegaram neste lote, serão distribuídos ao se aproximar da data de aplicação da segunda dose. De acordo com a resolução da Comissão Intergestora Bipartite (CIB), as vacinas Coronavac/Butantan que fazem parte da 20ª pauta de distribuição devem ser obrigatoriamente para o fechamento de esquemas vacinais em aberto e nenhuma delas pode ser utilizada como primeira dose.

O secretário de Saúde do Estado, Geraldo Medeiros, enfatiza que esta remessa vem para colocar em dia o esquema vacinal do paraibanos, e que as doses de Coronavac/Butantan serão monitoradas pela SES. “As doses que não forem utilizadas pelo público prioritário vigente devem ser devolvidas para que não seja ampliado o público sem o devido planejamento, vindo a faltar doses para cumprir o esquema vacinal em sua integralidade, causando prejuízos à resposta imunológica da população”, explica.

As vacinas da Pfizer/Cominarty (11.700) também serão distribuídas nesta quarta-feira (19) para 10 municípios: Bayeux, Cabedelo, Cajazeiras, Campina Grande, Guarabira, Itabaiana, João Pessoa, Patos, Santa Rita e Sousa. As doses deverão ser utilizadas para o início do esquema vacinal das pessoas com comorbidades, gestantes e puérperas com comorbidade e deficientes permanentes que fazem uso do auxílio BPC, segundo informações obtidas pelo ClickPB.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

quatro − 1 =