A Paraíba gerou saldo positivo no mercado de trabalho, pelo terceiro mês seguido, mesmo sob os efeitos da pandemia na economia. Em maio, o número de trabalhadores admitidos foi de 12.107 postos contra 9.199 desligamentos, gerando o saldo de 2.908 vagas com carteira assinada, com base no novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

Os que mais contribuíram com o saldo positivo de maio foram os setores do comércio (880 vagas), serviços (855 vagas) e indústria (643 vagas), enquanto a agropecuária (273) e a construção (257) completaram as cinco atividades com todas registrando saldo positivo, segundo informações obtidas pelo ClickPB.

Os últimos três meses tiveram saldo positivo no mercado de trabalho da Paraíba: março (1.956); abril (626) e em maio com 2.908, com o melhor desempenho.  No acumulado de janeiro a maio, o Estado registra um saldo de 4.117 postos.

Cenário regional

As cinco regiões brasileiras apresentaram saldo positivo. No Sudeste, o mês de maio terminou com um saldo de 161.767 postos. O Nordeste, com 37.266 vagas, seguido pelas regiões Sul (36.929); Centro-Oeste (26.926 postos) e Norte (17.800 postos).

O número de trabalhadores contratados com carteira assinada em maio deste ano, no país, foi maior que o total de demitidos do mercado formal de trabalho. Segundo o Ministério da Economia, houve, no período, 1.548.715 admissões e 1.268.049 desligamentos, gerando o saldo de 280.666 postos de trabalho durante o mês de maio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

11 − 4 =