Durante o período em que esteve preso na sede da Polícia Federal em São Paulo, o ex-ministro da Educação, Milton Ribeiro disse em telefonema à esposa que estava sendo “muito bem tratado” pela polícia. O áudio foi divulgado pelo jornal Estadão neste domingo, 26 (ouça abaixo).

“Muito bem tratado, com muita cortesia até. Muito bem tratado”, afirma Ribeiro, que também disse estar “tranquilo” e pediu orações à esposa. “O que é a meu favor, Myrian, é a questão da minha consciência e eu estou bem. Estou tranquilo”.

Milton Ribeiro e os pastores Arilton Moura e Gilmar Santos foram presos no âmbito da operação ‘Acesso Pago’, na última quarta-feira (22). Ribeiro foi solto no dia seguinte por decisão do juiz federal Ney Bello, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região.

As investigações apontam para uma espécie de balcão de negócios, com suspeitas de corrupção, tráfico de influência e cobrança de propina. O grupo dos pastores negociavam liberação de recursos federais da educação com prefeitos, além de comandar parte da agenda do ministro em eventos fora de Brasília.

Ouça o áudio:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

nove + 9 =