247 – O presidente da CPI da Covid, senador Omar Aziz (PSD-AM), afirmou no término da sessão desta terça-feira (6) que a comissão não seguirá o recesso do Senado Federal, previsto para  18 de julho.

“Essa CPI não irá parar. Não teremos recesso. A CPI vai funcionar no recesso. Nós não temos o direito, como senadores e senadoras, de tirar férias enquanto pessoas estão morrendo. Não temos esse direito e ninguém pode nos obrigar a ter esse direito. Nós temos a vida toda para tirar férias. Não dá para tirar férias com pessoas sendo vítimas da Covid-19 pelo negacionismo, pela falta de espírito público, como eu tenho visto aqui. Servidores se reunirem em restaurantes para tratar de propina. Enquanto nós provavelmente estaríamos de férias, estaria morrendo gente. Por isso, a CPI continuará em pleno recesso. Iremos continuar trabalhando”, disse Aziz.

Havia temor por parte da oposição de que o recesso, acatado pela CPI, pudesse diminuir a pressão crescente sobre Jair Bolsonaro, diante de esquemas de corrupção que estão sendo revelados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

2 + 13 =