A disputa pelo apoio neste 2º turno já começou a movimentar os bastidores da política. Após o resultado das urnas no último domingo (2), 15 governadores eleitos já se posicionaram em relação ao apoio para presidente da República.

Até o momento, oito declararam apoio à candidatura de Jair Bolsonaro (PL) ao Palácio do Planalto. Cinco são aliados de Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Dois dos governadores eleitos ainda não se posicionaram sobre a eleição presidencial.

O atual presidente conquistou manifestações de apoio no Sudeste, enquanto o ex-presidente tem seus aliados no Nordeste e no Pará.

Clécio Luís (Solidariedade), eleito no Amapá, e Wanderlei Barbosa (Republicanos), eleito no Tocantins, não se pronunciaram sobre eventuais apoios até o fechamento desta reportagem.

Governadores que apoiam Bolsonaro

  • Gladson Cameli (PP) – Acre
  • Ibaneis Rocha (MDB) – Distrito Federal
  • Ronaldo Caiado (União Brasil) – Goiás
  • Mauro Mendes (União Brasil) – Mato Grosso
  • Romeu Zema (Novo) – Minas Gerais
  • Ratinho Jr (PSD) – Paraná
  • Cláudio Castro (PL) – Rio de Janeiro
  • Antonio Denarium (PP) – Roraima

Governadores que apoiam Lula

  • Elmano Freitas (PT) – Ceará
  • Carlos Brandão (PSB) – Maranhão
  • Rafael Fonteles (PT) – Piauí
  • Fátima Bezerra (PT) – Rio Grande do Norte
  • Helder Barbalho (MDB) – Pará

Governadores que não se posicionaram

  • Clécio Luís (Solidariedade) – Amapá
  • Wanderlei Barbosa (Republicanos) – Tocantins

Em 12 estados, a disputa pelo cargo de governador terá segundo turno em 30 de outubro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

catorze − 11 =