Após mais uma nomeação de reitor que não foi o escolhido pela comunidade acadêmica – na Paraíba o presidente Bolsonaro escolheu Valdiney Gouveia para a Universidade Federal da Paraíba (UFPB) – a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) para anular algumas nomeações.

A ação pede que o presidente nomeie sempre o primeiro colocado das listas tríplices enviadas pelos institutos. Assim como na Paraíba, ele tem escolhido o terceiro colocado na maioria das vezes.

De acordo com a OAB, as nomeações estão fora da escolha acadêmica e representam violação à autonomia das entidades. Além disso, as decisões afetariam a pluralidade política e o princípio democrático.

Estudantes e funcionários UFPB continuam realizando atos contra a posse de Valdiney Veloso Gouveia.

Desde o início do mandato, Bolsonaro já ignorou 15 primeiros colocados nas eleições para reitor, nomeando chapas que registraram menos votos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

quinze − catorze =