Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) — Neymar, 29, prestou uma homenagem a Marília Mendonça, que morreu aos 26 anos em um desastre aéreo na última sexta-feira (5). Foi logo depois de o atacante fazer um gol pelo seu time, o Paris Saint Germain, em partida contra o Bordeaux neste sábado (6) pelo campeonato francês.

O jogador levantou a camisa do time e mostrou uma mensagem escrita na camiseta que tinha por baixo. “Serei seu eterno fã, rainha da sofrência”, lia-se. A frase foi complementada com a expressão “RIP MM”, sigla que em inglês significa “descanse em paz”.

A artista era amiga do craque e, em 2019, apareceu de surpresa no aniversário dele para cantar “Parabéns a Você”, fazendo-o se emocionar. Neymar também lamentou a morte da cantora em suas redes sociais. “Me recuso a acreditar, me recuso”, escreveu.

A cantora foi uma das cinco vítimas de um acidente de avião que caiu numa serra em Piedade de Caratinga, cidade a 309 quilômetros de Belo Horizonte. Ela tinha um show marcado para esta noite em Caratinga, a cerca de dez quilômetros do local do acidente.

No momento do acidente, por volta das 16h, a assessoria de imprensa de Mendonça havia informado que a cantora tinha sido resgatada com vida. Por volta das 18h, no entanto, confirmou sua morte.

Os bombeiros confirmaram ainda a morte do produtor da cantora, Henrique Ribeiro, e seu tio, Abicieli Silveira Dias Filho, além do piloto e do co-piloto da aeronave.

A aeronave caiu próximo a uma cachoeira ao tentar realizar um pouso forçado, de acordo com a Polícia Militar. Segundo o capitão do órgão no estado, Jefferson Luiz Ribeiro, as informações iniciais são que o piloto da aeronave teve problemas ao aterrissar no aeroporto, que fica a cerca de dois quilômetros do local do acidente.

Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

catorze + um =