A Rede Estadual de Ensino da Paraíba vai seguir o Conselho Nacional de Educação (CNE) que orientou a progressão dos alunos para a série seguinte, considerando os desafios e dificuldades enfrentados durante a pandemia. Ou seja, nenhum aluno será reprovado, informa neste sábado o jornal A União.

 

“É a única maneira de não deixar ninguém no caminho. A partir do momento que se faz isso, reduz-se o número de desistência e evasão”, pontuou Claudio Furtado (foto), secretário executivo da Secretaria de Estado da Educação e da Ciência e Tecnologia da Paraíba (SEECT).

 

O secretário afirmou ainda que o conteúdo não passado ou não absorvido pelo aluno no ano vigente será ofertado no próximo ano letivo.

“É o que chamamos de Itinerário Contínuo 2020 e 2021. Nossa proposta é avaliar a situação pedagógica em toda a rede para estabelecer esse reforço de acordo com cada necessidade”, frisou o titular da SEC/PB.

 

O secretário adiantou que pode haver a inserção de um quarto ano para o ensino médio.

“São alunos que estão saindo para a universidade e por isso estamos avaliando essa possibilidade, daqueles que sentirem necessidade terem a oportunidade de rever conteúdos”, assinalou Furtado.

 

Nas 660 escolas da rede os 250 mil alunos estão cumprindo as últimas atividades antes do encerramento do ano letivo, em 17 de janeiro.

*com informações de auniao

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

catorze − 6 =