O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, desmentiu nessa quinta-feira (2) o que classificou como boatos sobre um possível pedido de demissão seu do Ministério da Saúde.

Segundo ele, a informação não procede. Ele questionou a quem esse tipo de notícia pode interessar e acredita que a iniciativa tem o único propósito de desestabilizar o governo. “Eu não sei a quem interessa essa indústria de boatos de fake somente para desestabilizar, desestabilizar não, para tentar desestabilizar o Governo, inventando divisões do Ministério da Saúde. Eu nem pedi demissão, nem vou pedir demissão, estarei aqui no Ministério da Saúde até o dia que o Presidente da República entender que eu sou útil a nação brasileira. Brasil acima de tudo e Deus acima de todos”, disse o ministro, em pronunciamento.

O ministro esteve em reunião hoje no Palácio do Planalto com o presidente Jair Bolsonaro.

Marcelo Queiroga é paraibano e é o quarto ministro a ocupar o cargo desde o início do governo Bolsonaro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

cinco − cinco =