Em um pronunciamento nas redes oficiais do Governo do Estado, nesta terça-feira (9), o governador da Paraíba, João Azevedo garantiu que não haverá lockdown no estado. Ele disse que a a gestão busca um ponto de equilíbro para o enfrentamento da pandemia. João afirmou que um pacote social foi formulado juntamente com um um novo decreto de medidas restritivas. O gestor anunciou essas medidas sociais e afirmou que nesta quarta-feira (10) o decreto restritivo deve ser divulgado no Diário Oficial.

Entre as medidas do pacote social está a distribuição de 100 mil cestas básicas para a população e de 500 mil cestas básicas aos alunos da rede estadual. Duplicação dos recursos destinados ao Instituto Acolher, que cuida de idosos. Aumento de 50% das refeições fornecidas em restaurantes populares no estado. Distribuição de 60 toneladas de peixe a famílias carentes, mercadoria que deve vir de cooperativas. Aquisição de 500 toneladas de alimentos oriundos da agricultura familiar. Atenção à segurança alimentar da população em situação de rua.

Foi anunciado ainda reajuste do cartão alimentação que atende a 52 mil famílias na Paraíba, o valor passará a ser de R$ 50, por dois meses. Débitos de ICMS de empresas terá 60 meses para parcelamento.

Além disso haverá isenção do pagamento das contas de água para 26 mil famílias que estão inscritas no programa tarifa social. A medida de isenção do pagamento será nos meses de março e abril. Essa medida vai valer para bares, restaurantes, lanchonetes, pizzarias e sorveterias. Durante 60 dias também estará suspenso o corte de água para consumo até 10 metros³ por mês.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

um × três =