O secretário de Estado da Saúde, Geraldo Medeiros, comentou durante a visita do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, à Paraíba, na sexta-feira (16), que o Governo Federal teve papel fundamental para evitar o colapso do Sistema de Saúde pública na Paraíba.

“A oferta do Ministério da Saúde foi essencial, de respiradores e insumos, não temos do que reclamar do Governo Federal. Essa opinião minha é consistente, como secretário de saúde do estado quero dizer que não temos do que reclamar da oferta de insumos e equipamentos e toda uma logística que foi montada, principalmente desse pico que foi altíssimo, mas fez com que o estado da Paraíba não entrasse em colapso”, disse.

O ministro comentou que não faz política na saúde, mas política de saúde e que essa foi a determinação que recebeu do presidente da República, Jair Bolsonaro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

quatro − 4 =