O mutirão para emissão de documentos foi prorrogado pela segunda vez e segue por tempo indeterminado em João Pessoa. Segundo informações obtidas pelo ClickPB, as atividades do Programa Cidadão no Espaço Cultural, seriam encerrados no dia 5 de novembro, mas foram mais uma vez prorrogados. Ao todo, em um mês de mutirão, 15.724 atendimentos, com emissões de 4.369 carteiras de Identidade (RG), 1.094 CPFs e 844 carteiras de trabalho digitais (CTPS), além do documento de antecedente criminal foram realizados. Nas ações itinerantes, foram atendidas 31.996 pessoas em 32 municípios de várias regiões da Paraíba.

A prorrogação foi influenciada pela alta demanda, já que diversas vezes foram registradas filas quilométricas que davam a volta no Espaço Cultural, e que muitas vezes, deixava a população sem acesso as fichas, que acabavam em questão de minutos. Esse problema foi gerado após seis meses de suspensão das emissões, devido à pandemia do coronavírus, uma vez que o Programa Cidadão, executado pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Humano, só retomou os serviços no dia 21 de setembro.

De acordo com o secretário do Desenvolvimento Humano, Tibério Limeira, a prorrogação é necessária uma vez que a demanda continua muito alta. “Decidimos prorrogar por tempo indeterminado para garantir que as pessoas exerçam seu direito e façam valer esse acesso à documentação básica. É uma medida acolhedora, de um governo que se preocupa em prestar um bom serviço à população”, explicou.

O calendário das ações itinerantes segue de 26 a 31 deste mês nos municípios de Queimadas, Mogeiro, Alagoinha, Cuitegi e Itapororoca. O atendimento em João Pessoa, continua sendo de segunda a sexta-feira, das 8h às 13h.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

treze + nove =