Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

Uma voz jovem, importante, potente, transformadora, carismática e no auge. Marília Mendonça, a rainha da sofrência, era conhecida pelas grandes composições que tocavam no coração das pessoas. A cantora reuniu uma legião de fãs no Brasil inteiro. No YouTube, são 22 milhões de inscritos, no Instagram mais de 37 milhões, no Spotify, mais 8 milhões de ouvintes mensais e no Twitter, mais de 7 milhões de seguidores. Todos esses fãs eram carregados para todas as viagens, os shows e as propagandas da cantora, que os tratava como fiéis amigos ou até confidentes no cotidiano agitado da artista.

Ela era muito popular nas redes sociais também pela capacidade de se comunicar com o público. Marília era conhecida por uma personalidade digital piadista e descontraída, que pregava peças em pessoas próximas e estava sempre antenada nas tendências das plataformas. Ela, com certeza, foi uma das responsáveis por um novo formato de artista de grande porte que lidaram com fãs. A proximidade com que tratava os seguidores atualmente é muito comum, porém Marília foi uma das pioneiras nesse tipo de comunicação.

Toda essa presença virtual só foi possível pela força musical da artista. Desde os 12 anos compondo, Marília Mendonça, ainda menor de idade, já tinha músicas de sucesso na boca de grandes nomes como Cristiano Araújo, Wesley Safadão e as duplas Henrique e Juliano, Jorge e Mateus e Matheus e Kauan. Aos 20, saiu dos bastidores e decidiu colocar a voz para jogo e ao som de Infiel, principal hit do início da carreira, rumo ao estrelato. Em 2016, a cantora lançou Marília Mendonça — Ao vivo, o primeiro DVD da carreira e o primeiro passo para o sucesso estratosférico que alcançou em pouquíssimo tempo.

A partir do grande sucesso, Infiel atualmente possui mais 500 milhões de visualizações no YouTube, a carreira da sertaneja só subiu. Em pouco menos de cinco anos completos de reconhecimento nacional, a cantora concorreu a três Grammys Latinos, todos de Melhor álbum de música sertaneja, saindo vitoriosa, em 2019, com Todos os cantos, Volume 1 (Ao vivo). Ela pode ganhar o prêmio de forma póstuma, já que o último Grammy Latino que concorre é o de 2021, que terá os ganhadores revelados no próximo dia 18.

Se com a crítica musical ela tinha uma boa imagem, com os fãs era algo muito maior. Em números, é possível entender a influência de Marília Mendonça para a música brasileira. O YouTube era a plataforma em que ela era mais expressiva com duas músicas acima dos 500 milhões de views, além de inúmeras que ultrapassaram as marcas de 100, 200, 300 e 400 milhões de visualizações. A artista também era presença certa nos rankings do que está em alta na plataforma e, no momento do acidente, tinha a canção Para de me chamar pra trair, em parceria com a dupla Maiara e Maraísa, presente na lista. No Spotify, o sucesso era mais tímido, mesmo assim tinha faixas acima das 90 milhões de plays e figurava com frequência em playlists das paradas de sucesso no Brasil e de músicas virais no streaming.

Na pandemia, a presença dela nas redes sociais e no streaming se intensificou muito. Ela foi uma das artistas mais patrocinadas para lives durante esse período, tendo feito algumas apresentações digitais neste período. Um dos grandes picos foi em uma transmissão do YouTube, que chegou a 3,3 milhões de acessos simultâneos. A cantora também lançou dois álbuns nas plataformas digitais desde o início da epidemia de covid-19. Em entrevista ao Correio, em 2020, Marília Mendonça afirmou que o projeto Patroas, com Maiara e Maraísa, ganhou uma nova cara devido ao tempo de quarentena. “Agora, na quarentena, sobrou tempo, então, decidimos colocar as ideias em prática, e tudo foi muito natural”, afirmou a artista, na época. Na mesma entrevista, revelou a ansiedade de reencontrar o público. “Em breve, estaremos juntos de novo”, falou.

A cantora estava no avião que acidentou justamente no caminho desse tão esperado reencontro com os fãs, ela faria um show em Caratinga (MG). As apresentações ao vivo eram um dos pontos fortes da cantora, sempre com agenda lotada, tocando não só nas grandes capitais, mas também investindo em cidades do interior, onde tinha público expressivo.

Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

12 + doze =