Bloco Principal 1

Mulher que pede indenização de Lima Duarte após acidente recebeu R$ 30 mil, flores no hospital, e assinou ‘acordo’ com sigilo

 

O ator Lima Duarte, que é alvo de uma ação por danos morais e materiais de R$ 1,2 milhão por conta de um acidente em março na Zona Oeste de São Paulo, pagou R$ 30 mil via PIX à motociclista atingida, mandou flores para ela no hospital, e assinou um “acordo” com a paciente, de 37 anos.

No processo que corre pela 28ª Vara Cível de São Paulo, a defesa dela detalhou que o acidente ocorreu em 1º de março deste ano, na Avenida Antártica, região da Barra Funda, quando o carro dele passou de uma faixa para outra, não teria dado sinal e o retrovisor direito prendeu no guidão da moto, que “voou” cerca de 200 metros à frente, segundo o texto.

A mulher quebrou cinco ossos, colocou duas placas e nove parafusos. Ela deverá fazer uma nova cirurgia nos próximos meses depois que o corpo rejeitou os parafusos. A defesa alega que ela permaneceu no hospital por 16 dias e deverá ficar cerca de um ano sem andar.

Uma neta de Lima Duarte teria ido ao hospital e levado flores à paciente. Em seguida, um homem e uma contadora levaram um documento para que ela assinasse.

Ator Lima Duarte  — Foto: Reprodução/ TV Gazeta

Ator Lima Duarte — Foto: Reprodução/ TV Gazeta

“Estava com fortes dores, ainda com efeito de medicações, meio sonolenta, com morfina ainda fazendo efeito e levaram o documento para ela assinar, condicionando o depósito de R$ 30 mil e uma ajuda mensal por seis meses”, disse o advogado da paciente, Francisco Angelo Carbone Sobrinho.

A defesa afirma que foram alugadas uma cama hospitalar e cadeira de rodas, que não estão sendo custeadas pelo ator.

A motociclista pede na Justiça:

  • Tratamento em hospital particular;
  • Pagamento mensal de R$ 5 mil com comprovação dos gastos;
  • Contratar uma auxiliar de enfermagem para cuidados diários por não poder se levantar;
  • Transporte para tratamentos;
  • Fisioterapia;

 

g1 tenta contato com o ator Lima Duarte. Anteriormente, o artista chegou a divulgar uma nota sobre o caso em seu perfil nas redes sociais.

No texto, ele confirmava que tinha se envolvido em um acidente de trânsito do qual não teve responsabilidade, mas havia prestado socorro e acompanhava o estado de saúde da vítima.

O que diz o ‘acordo’

 

O documento, o qual o g1 teve acesso, cita que o motorista e a motociclista “não atribuem qualquer culpa pelo acidente” e que os dois reconhecem que foi uma “fatalidade decorrente do próprio trânsito intenso da capital”.

No terceiro parágrafo, escrito pela equipe do ator, há a afirmação de que a paciente realmente sofreu ferimentos e passou por uma “bem-sucedida cirurgia no quadril” na Santa Casa de São Paulo, e teve alta médica em 16 de março.

“Gesto de solidariedade inclui pagamento a Simone de aluguel de uma cadeira de rodas e de uma cama hospitalar pelo prazo de até 6 meses, no valor de R$ 465 mensais, além de uma ajuda de custo para minimizar a perda de receita de Simone, no valor de R$ 30 mil”.

O texto ainda detalha que havia o comprometimento do sigilo.

Texto publicado nas redes sociais pelo ator Lima Duarte à época do acidente  — Foto: Reprodução/Redes Sociais

Texto publicado nas redes sociais pelo ator Lima Duarte à época do acidente — Foto: Reprodução/Redes Sociais

G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
slot gacor hari ini
situs slot luar negeri