Um motorista paraibano reagiu de forma inusitada ao ser flagrado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), na BR-230, km 36, sentido João Pessoa Campina Grande, com o licenciamento atrasado.

Ao ser informado que teria o carro recolhido até a regularização da documentação, atrasada há 6 anos, o condutor, de 44 anos, pegou uma de suas ferramentas de trabalho, uma enxada, começou a golpear o carro, gerando danos na lataria, vidros, faróis, retrovisores e pneus.

Tocador de vídeo

00:00
00:27

 

De acordo com a PRF, a situação foi contornada por meio de diálogo, ou seja, não houve necessidade do uso da força para
conter o proprietário do veículo que, após alguns instantes, retornou à calma e solicitou uma carona para ir embora.

A cena foi filmada por outro motorista que passava no local.

Em nota, a PRF disse que o caso aconteceu próximo ao Hospital Metropolitano Dom José Maria Pires, em Santa Rita e que o condutor recebeu quatro autos de infração (multas): Deixar de conduzir veículo sem equipamento obrigatório (pneu estepe, macaco hidráulico, chave de roda ou triângulo de sinalização), deixar de licenciar o veículo; dirigir automóvel sem possuir CNH e ter veículo imobilizado na via por falta de combustível.

Confira íntegra da nota da PRF:

“Uma equipe PRF, em patrulhamento na BR 230, Km 36, sentido João Pessoa – Campina Grande, observou um veículo parado, em decorrência de pane seca (falta de combustível), sobre a faixa da direita. De imediato, os policiais providenciaram a sinalização e auxiliaram o motorista a mover o automóvel para o acostamento, salvaguardando a integridade física dos usuários da rodovia bem como reestabelecendo a normalidade do fluxo de trânsito.
Em seguida, como estabelecido em nossas regras de fiscalização, foram solicitadas as documentações do
motorista e do carro. O condutor, um homem de 44 anos, afirmou que não era habilitado e que utilizava o
veículo para demandas em sua propriedade rural. No momento em que foram realizadas consultas referentes
ao automóvel, com placas de São João do Meriti/RJ, foi constatado, segundo a base de dados Detran/RJ, que
o último licenciamento pago foi referente ao exercício 2015, ou seja, a documentação está atrasada há 6
anos.

O Art. 230 V do CTB regula que veículos não licenciados devem ser autuados, multa gravíssima (7 pontos) e
recolhidos ao pátio até a regularização. O condutor foi informado do fato, junto da orientação de que poderia
retirar seus pertences pessoais do interior do automóvel. Após retirar algumas ferramentas de trabalho (foice,
facão, enxada) o homem começou a golpear o carro, gerando danos na lataria, vidros, faróis, retrovisores e
pneus. A situação foi contornada por meio de diálogo, ou seja, não houve necessidade do uso da força para
conter o proprietário do veículo que, após alguns instantes, retornou à calma e solicitou uma carona para ir
embora.

O automóvel foi recolhido ao pátio, que fica próximo ao local da ocorrência e os eventos narrados foram
registrados em sistemas policiais, bem como os danos causados pelo motorista ao veículo foram registrados
no documento de recolhimento. Em decorrência das condições observadas, foram registrados quatro autos de
infração (multas), sendo: Deixar de conduzir veículo sem equipamento obrigatório (pneu estepe, macaco
hidráulico, chave de roda ou triângulo de sinalização). deixar de licenciar o veículo; dirigir automóvel sem
possuir CNH e ter veículo imobilizado na via por falta de combustível.

Essa é uma situação pouco comum, seja na Paraíba ou em demais estados brasileiros. Nossos policiais são
preparados para atuar nas mais diversas ocorrências, com foco em salvaguardar a integridade física das
equipes, dos usuários da rodovia e também dos infratores. Nesse caso em questão, os danos restaram
concentrados apenas nos bens materiais, reforçando que não foi necessário o uso da força policial ou registro
de ocorrência criminal.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

dois × 4 =