Morreu na madrugada desta sexta-feira (25), em João Pessoa, a mulher que foi atropelada pelo ex-companheiro e teve as pernas esmagadas. A informação foi confirmada pelo Hospital de Trauma da capital paraibana, onde ela estava internada.

Maria Nataly Daiana da Silva Medeiros, de 21 anos, estava na unidade de tratamento intensivo (UTI) do Hospital do Trauma desde o dia 8 de novembro, quando o atropelamento aconteceu.

De acordo com testemunhas, a mulher estava levando uma criança para a creche quando foi surpreendida pelo ex-companheiro, um homem de 25 anos. Ele atropelou ela duas vezes, tentou fugir, mas foi alcançado por pessoas que estavam no local.

De acordo com o delegado Diego Garcia, o suspeito foi levado para a Delegacia de Homicídios após atendimento no Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa, pois a população o agrediu durante a tentativa de fuga.

O homem teve o flagrante lavrado por tentativa de feminicídio, passou por audiência de custódia e confessou a autoria do crime. Segundo informações dele dadas a Polícia Civil, o motivo da ação teria sido ciúmes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

dezesseis − 1 =