Treze dias após o falecimento da diretora administrativa do Hospital Santa Isabel, Micheline Aquino, veio a óbito nesta quinta-feira (10) o esposo dela, Genuíno Bezerra, vítima de Covid-19.

Ele permaneceu internado com a doença na Unidade de Saúde devido a doença e teve o óbito confirmado na noite desta quinta-feira. Ele já estava internado desde antes da morte de Micheline Aquino, na madrugada da sexta-feira (28), aos 46 anos.

Ela tinha assumido o cargo no hospital há apenas dois meses, e recebeu a primeira dose da vacina contra a Covid-19, mas adoeceu antes do efeito de imunização.

Ela é a segunda diretora do hospital que morre vítima da doença. O primeiro foi Fernando Ramalho, diretor geral da unidade, falecido em fevereiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

18 − 4 =