No Brasil desde quinta-feira (23/9), 0 ex-ministro Sergio Moro se reuniu com lideranças do Podemos na manhã do último sábado (25/9), em Curitiba. Segundo apurou a coluna, eles discutiram o cenário político atual e perspectivas para as vantagens de 2022 , mas não houve definição sobre uma possível candidatura do ex-juiz em 2022.

O encontro aconteceu na casa do senador Oriovisto Guimarães (Podemos-PR) e contou ainda com as presenças dos senadores Álvaro Dias (Podemos-PR) e Flávio Arns (Podemos-PR); do presidente nacional do partido, da deputada federal Renata Abreu (SP); e do marqueteiro da legenda, Fernando Vieira.

Segundo apurou a coluna, em respeito à consultoria Alvarez & Marsal, para a qual trabalha, o ex-ministro do governo Jair Bolsonaro pediu para só tratar de candidatura depois de novembro deste ano, quando vence seu contrato com a empresa, que tem sede em Nova York, nos Estados Unidos.

O pedido de Moro, contudo, não impediu que ele debatesse com as lideranças do Podemos o cenário político atual e a necessidade de se ter uma terceira via na disputa pela Presidência da República em 2022. A legenda sonha que o ex-juiz seja candidato ao Palácio do Planalto pela sigla.

Na conversa, Moro contou que está concluindo seu livro sobre corrupção e compliance e sobre sua passagem pelo governo Bolsonaro. O ex-ministro afirmou que pretende lançar a obra em novembro e comentou que passaria por São Paulo nos próximos dias para tirar as fotos para o livro.

Além de São Paulo e Curitiba, Moro aproveita sua passagem pelo Brasil para também ir a Brasília, onde terá outras conversas com atores e compromissos de trabalho. Como uma coluna noticiou mais cedo , o ex-juiz deve desembarcar na capital federal na semana entre os dias 4 e 8 de outubro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

1 × dois =