Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

O ex-juiz Sergio Moro rebateu as declarações da presidente do PT, Gleisi Hoffmann, que culpou o ex-ministro por problemas na Petrobras. Em entrevista ao jornal Folha de S.Paulo, a deputada atribuiu ao ex-juiz a culpa pela alta nos combustíveis.

“Ele fragilizou a Petrobras e mudaram com essa ação dele a política de preço e desestruturam o marco regulatório do pré-sal”, afirmou a petista à Folha. Nas redes sociais, Moro disse que a Petrobras “quase quebrou” durante o governo do PT.

“A Petrobras foi saqueada durante o governo do PT com bilhões de dólares em prejuízo. A empresa quase quebrou. Transformar bandidos em heróis e atribuir culpa a quem combateu o crime é estratégia para se alterar a verdade e inverter valores. Não vão enganar o povo brasileiro”, escreveu o ex-juiz.

Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

vinte + 18 =