Único nome capaz de bater Jair Bolsonaro no segundo turno da disputa presidencial, em 2022, Sergio Moro aparece na pesquisa XP-Ipespe com 36% dos votos, quatro a mais que Bolsonaro, encolheu de 33%, no mês passado, para 32% nessa rodada de fevereiro.

No cenário de primeiro turno, a rodada de fevereiro mostra que Bolsonaro segue à frente na corrida presidencial de 2022, com 28% das intenções de voto, mesmo número do levantamento de janeiro. Ele é seguido por Moro (12%), Fernando Haddad (12%) e Ciro Gomes (11%). Huck tem 7%, Boulos 6%, Doria 4%, Amoêdo 3% e Mandetta 3%.

Nas simulações de segundo turno, Bolsonaro pede para Moro, mas segue na frente dos demais concorrentes: Ciro Gomes (39% a 37%), Luciano Huck (37% a 33%), João Doria (37% a 30%), Fernando Haddad (41% a 36%) e Guilherme Boulos (42% a 31%). Moro aparece à frente do candidato petista por 43% a 29%.

Foram realizadas 1.000 entrevistas de abrangência nacional, nos dias 2, 3 e 4 de fevereiro. A margem de erro é de 3,2 pontos percentuais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

12 + onze =