Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

Muito já se falou sobre a briga entre Carlos Alberto de Nóbrega e Moacyr Franco, mas muita gente pode não saber que houve uma tentativa de reconciliação recentemente. O líder do programa “A Praça é Nossa” tentou levar o colega para o SBT, mas a questão financeira impediu as tratativas.

De acordo com Flávio Ricco, do R7, o salário que Moacyr Franco exigiu impediu que o SBT o contratasse de volta. O dinheiro exigido pelo veterano se tornou um empecilho nas negociações, por isso outros profissionais foram procurados pela emissora.

Além de tudo isso, existe uma mágoa por parte do comediante em relação à empresa de Silvio Santos. Quando aconteceu a demissão, o artista disse em entrevista ao “Pânico” que o salário de R$ 40 mil era uma “merreca” em comparação ao que o SBT recebe por mês.

TROCA DE FARPAS

Moacyr Franco também lamentou o fato de Carlos Alberto de Nóbrega não ter entrado em contato com ele quando aconteceu o desligamento. Por serem amigos, o veterano acreditou que receberia um mínimo de apoio, mas não foi isso o que aconteceu.

O líder do “A Praça é Nossa” foi à mesma rádio e se defendeu dizendo que também não recebeu nenhuma ligação do cantor. Tempos depois, eles esclareceram que nunca houve briga, mas mesmo assim nunca mais se falaram desde que a demissão aconteceu.

Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

dezessete − seis =