O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, anunciou nas redes sociais na noite dessa terça-feira (27), que em decisão conjunta com estados e municípios que adolescentes de 12 a 18 anos com comorbidades serão incluídos no Plano Nacional de Imunizações (PNI), assim que toda a população adulta estiver vacinada com, pelo menos, uma dose de imunizante.

Na publicação, o ministro apontou também que ficou estabelecido que estados e municípios devem seguir as orientações do Ministério da Saúde quanto aos intervalos entre as doses de vacinas Covid-19 e demais definições do Programa NacionaI de Imunizações.

Após a distribuição da primeira dose para toda a população acima de 18 anos, será avaliada a redução do intervalo entre a primeira e a segunda dose da vacina Covid-19 da Pfizer, com base em evidências científicas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

11 − 6 =