Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

A ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou na noite desta sexta-feira (25), prosseguimento ao recurso apresentado pela Prefeitura Municipal de João Pessoa que tentava acabar com a obrigatoriedade do uso de máscaras em locais abertos da capital paraibana.

A ministra afirmou no despacho que a medida está “prejudicada a medida liminar requerida” pela Prefeitura.

O Procurador-geral do Município, Bruno Nóbrega, disse que a Prefeitura quer mostrar aos ministros que João Pessoa vive uma realidade epidêmica que permite a flexibilização. “Cinco ministros do STF já concederam a liberação em casos similares”, lamentou o advogado.

A Prefeitura de João Pessoa tentou contra a decisão da desembargadora Maria das Graças Moraes, do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB). Esta semana, a desembargadora acolheu recurso de reconsideração do MPPB para manter a exigência do equipamento na capital, que tinha sido derrubada pelo último decreto publicado pela Prefeitura.

ClickPB

Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

15 − 4 =