A cúpula do Ministério da Saúde se reúne nesta segunda-feira (11) para avaliar estudos sobre a possível desobrigação das máscaras no Brasil. Dentre as pessoas presentes no encontro, está o chefe da pasta, Marcelo Queiroga.

De acordo com o âncora da CNN Kenzô Machida, ainda não há muitas evidências científicas sobre a medida, e sim experiências internacionais. Dessa forma, alguns critérios serão avaliados para que essa ação se concretize.

Alguns deles são os indicadores de vacinação contra a Covid-19 e o índice de ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Além disso, o índice de contaminação da doença dos últimos meses será levada em consideração.

No entanto, mesmo que a medida seja tomada, será em caráter experimental. Segundo integrantes do Ministério da Saúde, também será dada uma orientação aos municípios para que haja a observação dos indicadores da epidemiologia.

Caso um novo avanço do coronavírus seja identificado, a utilização das máscaras será retomada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

três × um =